Páginas

domingo, 23 de setembro de 2007

666 (parte II)


Gorgan, decido em encontrar a irmã desaparecida nomeia-se o lider dos 4 restantes. Passam-se 400 minutos desde o último desaparecimento. O chão ganhava agora uma textura lamacenta... Mas estranhamente de cor vermelha. As arvores tinham pendurado nos ramos algo muito viscoso, com um líqido e muito ramificado... Mas com aqela escuridão os colegas nao conseguiam descobrir o qe era.

3 horas (180 minutos) depois, Gorgan, Galvet, Mirian e Liz encontraram no chão uma mochila qe não pertencia a nenhum deles. Era muito velha. Tinha livros escolares exactamente do mesmo ano qe os 6 amigos frequentavam. No interior também havia uma lanterna. Era a primeira vez em 1912 minutos qe os 4 amigos viam claramento o chão qe pisavam! Talvez antes nao tivessem encontrado tal instrumento. A floresta era aina mais aterradora do qe imaginavam! A "lama" era sangue! Aqilo qe estava pendurado nas arvores eram veias e artérias!

Os quatro amigos começaram a chorar imaginando o qe teria acontecido aos seus companheiros! Continuaram o seu caminho naqele lugar assustador. Desde o desaparecimento de Saud haviam decorrido 664 minutos. Gorgan sente algo a puchá-lo enquanto lhe tapa a boca impedindo-o de gritar. Era uma rapariga, linda por sinal, cabelos muito longos, pele perfeita, túnica branca de seda.. Parecia um anjo! Gorgan, o pinga-amor, deixa-se ir com a musa qe o conduz para a passagem qe o levaria de volta para a cidade.

Mais uma vez o grupo perde um elemento num "abrir e fechar de olhos". Agora restavam três, Galvet, Mirian e Liz.

2 comentários:

  1. Como era d esperar a história continua mt boa... mas terrorifica... o horror domina os jovens da historia... três ja desapareceram... onde estaram? e o que eu espero descobrir no proximo 666....

    ResponderEliminar
  2. The Purple Teen Wizard23 de setembro de 2007 às 19:53

    matematica terrorifica :)

    ResponderEliminar