Páginas

domingo, 18 de janeiro de 2009

Espécie de novos vocábulos.

Deixo aqui uma lista com as palavras que estou a acrescentar ao meu discurso falado e escrito não só para eu não me esquecer deles mas, para no caso de eu me recordar de os usar, os ouvintes e leitores estarem na posse dos seus significados (caso desconheçam algum dos seguintes):


Alijar - lançar (carga) fora da embarcação; desembarcar-se de; aliviar; desfazer-se de.

Anátema - Maldição; excomungada. Inicialmente, «coisa oferecida a Deus», depois da versão dos setenta, «coisa destinada por Deus à destruição».

Cessante - que ou o que cessa; que se deixou de fruir (desfrutar).

Colmatar - atulhar; atupir; tapar uma brecha.

Energúmeno - possuído pelo demónio, possesso, idiota, imbecil, pessoa atrapalhada, desastrada, incompetente, incapaz.

Lacuna - espaço vazio; lei; omissão da lei; vão; intervalo.

Malbaratar - vender com prejuízo; dissipar; desperdiçar.

Vilipendiar - tratar com vilipêndio (desprezo, degradação); considerar vil; amesquinhar; degradar.

Vislumbrar - ver indistintamente; entrever; começar a aparecer; apontar; conjecturar.



[EM CONSTRUÇÃO]




2 comentários:

  1. Isto não um comentário.

    http://www.theatroclub.com/index.php?option=com_content&view=article&id=63:a-caixa&catid=14:em-cena&Itemid=69

    Até sábado ;)

    ResponderEliminar