Páginas

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

FOI BRUTAL!


Foi tão bom! O melhor! MUSE! Esperava o melhor concerto, mas nunca TÃO BOM! E para o ano, se tudo correr bem, Rock in Rio!
Já comprei a minha tchérte (já sou uma fã oficial).
Para quem não viu ainda nenhum concerto de MUSE, não sabem o que perdem. Atrevo-me a dizer que ao vivo, são bem melhores que em CD. O espectáculo visual estava estrondoso! Tudo pensado ao pormenor.
Fabulástico!


Aqui fica o alinhamento do concerto:

1. Uprising

2. Resistance

3. New Born

4. Map Of The Problematique

5. Supermassive Blackhole

6. MK Ultra

7. Interlude

8. Hysteria

9. United States of Eurasia

10. Feeling Good

11. Guiding Light

12. Jam (Dom e Chris)

13. Undisclosed Desires

14. Starlight

15. Plug In Baby

16. Time Is Running Out

17. Unnatural Selection


Encore

18. Exogenesis: Symphony, Part 1 (Overture)

19. Stockholm Syndrome

20. Knights of Cydonia






sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Procura-se DESESPERADAMENTE um médico que passe um atestado qualquer que me impossibilite de fazer Educação Física. Com estes novos parâmetros de avaliação não me safo.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Relativamente ao post anterior:

Aceitam-se propostas para uma viagem de finalistas. Lugares com discotecas e festa.
Tudo low-cost que estamos em tempo de crise.

Acudam!


Não há, só por acaso, um sítio qualquer no mundo (que não seja em Portugal, obviamente) que tenha festas, álcool e hotéis tal como Lloret mas que NÃO seja Lloret? Que tenha preços semelhantes (ou mais baratos) e que nos deixe "bombar" sem termos de estar rodeados de portugueses que vemos o ano inteiro?
Porquê Lloret?! PORQUÊ?! Porquê este reduzido leque de escolhas? Porque é que só Lloret tem festas à noite? Porque não tem Ibiza? E Maiorca? E outro sítio qualquer que não seja espanhol?

Vanha-nos senhor...

sábado, 21 de novembro de 2009

Mais dois para a colecção JD



No meio da ressaca de despedida dos "meus" turcos, esqueci-me de dizer que a minha querida Duygu me trouxe o Don Juan DeMarco lá da Turquia porque eu não o encontro cá.
No fim de semana passado, em que fui à terrinha natal visitar a famelga toda (Coimbra), encontrei o Nick of Time e, como é obvio, comprei-o. Com isto, somo mais dois à colecção.
Ainda não tive tempo de ver nenhum deles. Estou a desesperar.



Estado da colecção:
16 DVD's na minha posse.
20 filmes vistos.


Ano - Filme (nome adoptado em Portugal)
1984 - A Nightmare on Elm Street (Pesadelo em Elm Street)
1985 - Private Resort
1986 - Platoon (Os Bravos do Pelotão)
1990 - Cry-baby (Quem não chora não ama)
1990 - Edward Scissorhands (Eduardo mãos de tesoura)
1991 - Freddy's Dead: The Final Nightmare (O último pesadelo em Elm Street)
1993 - Arizona Dream (Arizona)
1993 - Benny & Joon
1993 - what's Eating Gilbert Grape (Gilbert Grape)
1994 - Ed Wood
1995 - Don Juan DeMarco
1995 - Dead Man (Homem Morto)
1995 - Nick of Time (Minutos Contados)
1997 - Donnie Brasco
1997 - The Brave (O Bravo)
1998 - Fear and Loathing in Las Vegas (Delírio em Las Vegas)
1998 - L.A. Without a Map
1999 - The Ninth Gate (A Nona Porta)
1999 - The Austronaut's Wife (A mulher do astronauta)
1999 - Sleepy Hallow (A lenda do Cavaleiro sem Cabeça)
2000- Before Night Falls (Antes que anoiteça)
2000- The Man who cried (Um Homem chora)
2000- Chocolat (Chocolate)
2001 - From Hell (A Verdadeira História de Jack, O Estripador)
2001 - Blow (Profissão de Risco)
2003 - Once Upon a time in Mexico (Era uma vez no México)
2003 - Pirates of The Caribbean: The Curse of the Black Pearl (Piratad das Caraíbas: A maldição do Pérola Negra)
2004 - Finding Neverland (À Procura da Terra do Nunca)
2004 - Secret Window (A Janela Secreta)
2004 - The Libertine (O Libertino)
2005 - Charlie and the Chocolate Factory (Charlie e a Fábrica de Chocolate)
2005 - Corpse Bride (A Noiva Cadáver)
2006 - Pirates of the Caribbean: Dead Man's Chest (Piratas das Caraíbas: O Cofre do Homem Morto)
2007 - Pirates of the Caribbean: At the World's End (Piratas das Caraíbas: Nos Confins do Mundo)
2007 - Sweeney Todd: The Demon Barber of Fleet Street (Sweeney Todd: O Terrível Barbeiro de Fleet Street)
2009 - Public Enemies (Inimigos Públicos)
2009 (data prevista) - The Imaginarium Of Doctor Pernassus
2010 (data prevista) - Alice in Wonderland (Alice no País das Maravilhas)
2010 (data prevista) - The Rum Diary
2010 (data prevista) - Dark Shadows
2011 (dara prevista) - Rango
???? - Pirates of the Caribbean 4

exemplo - Já vi o filme
exemplo - Já tenho o DVD
exemplo - Ainda em filmagens
exemplo - Em prós- produção
exemplo - Ainda por começar

MUSE


Faltam 8 dias! Está quase quase quase! Eu e ele vamos ver. E aproveitamos, e passamos o dia em Lisboa, a passear e ver lojas. Com (muita) sorte, ele compra-me qualquer coisinha.

Turquices

Duygu, Çaglar and Ilham. Miss you so damn much! Why did you have to leave?
The best week ever! Love you all!









E pronto, parece mesmo que é verdade. Tudo o que é bom acaba depressa. Estou a destilar de saudades dos meus turcos do coração! Foi uma semana brutal que não soube a mais que 2 dias. Queria mais, muito mais!
Houve muito choro e muita depressão, mas agora, uma semana depois, estou recomposta e já andei a ver bilhetes para passar uma ou duas semaninhas em terras turcas. Só falta companhia para levar (estás a ouvir André?). E pronto, falta encontrar um bilhete mais barato que 400€, o que não se está a mostrar propriamente fácil.

P.S. - Excepto na última foto, a paisagem é o Buddah Eden, the garden of peace. (podem ver o site AQUI) É a coisinha mai'linda q'eu já vi! Aconselho vivamente a passarem por lá (para quem gosta do género, claro. E também para quem gosta de andar a pé. Quem não gosta, sempre pode optar pelo comboio turístico que o jardim tem).


Decidido



Pronto, já não penso muito mais. Está decidido. Para o ano, estudo direito. Se tudo correr bem, na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra.

domingo, 8 de novembro de 2009

Queixas Médicas

Carlos Barreira da Costa, médico Otorrinolaringologista da mui nobre e Invicta cidade do Porto, decidiu compilar no seu livro "A Medicina na Voz do Povo", trinta anos de histórias, crenças e dizeres ouvidos durante o exercício desta prática da medicina.


O diálogo com um paciente com patologia da boca, olhos, ouvidos, nariz e garganta é sempre um desafio para o clínico:
"A minha expectoração é limpa, assim branquinha, parece com sua licença espermatozóides".
"Quando me assoo dou um traque pelo ouvido, e enquanto não puxar pelo corpo, suar, ou o caralho, o nariz não se destapa".
"Não sei se isto que tenho no ouvido é cera ou caruncho".
"Isto deu-me de ter metido a cabeça no frigorífico. Um mês depois fui ao Hospital e disseram-me que tinha bolhas de ar no ouvido".
"Ouço mal, vejo mal, tenho a mente descaída".
"Fui ao Ftalmologista, meteu-me uns parafusinhos nos olhos a ver se as lágrimas saiam".
"Tenho a língua cheia de Áfricas".
"Gostava que as papilas gustativas se manifestassem a meu favor".
"O dente arrecolhia pus e na altura em que arrecolhia às imidulas infeccionava-as".
"A garganta traqueia-me, dá-me aqueles estalinhos e depois fica melhor".

As perturbações da fala impacientam o doente:
"Na voz sinto aquilo tudo embuzinado".
"Não tenho dores, a voz é que está muito fosforenta".
"Tenho humidade gordurosa nas cordas vocais".
"O meu pai morreu de tísica na laringe".

Os "problemas da cabeça" são muito frequentes:
"Há dias fiz um exame ao capacete no Hospital de S. João".
"Andei num Neurologista que disse que parti o penedo, o rochedo ou lá o que é...".
"Fui a um desses médicos que não consultam a gente, só falam pra nós".
"Vem-me muitos palpites ruins, assim de baixo para cima...".
"A minha cabecinha começa assim a ferver e fico com ela húmida, assim aos tombos, a trabalhar".
"Ou caiu da burra ou foi um ataque cardeal".

Os aparelhos genital e urinário são objecto de queixas sui generis:
"Venho aqui mostrar a parreca".
"A minha pardalona está a mudar de cor".
"Às vezes prega-se-me umas comichões nas barbatanas".
"Tenho esta comichão na perseguida porque o meu marido tem uma infecção na ponta da natureza".
"Fazem aqui o Papa Micau ( Papanicolau )?"
"Quantos filhos teve?" - pergunta o médico. "Para a retrete foram quatro, senhor doutor, e à pia baptismal levei três".
"Apareceu-me uma ferida, não sei se de infecção se de uma foda mal dada".
"Tenho de ser operado ao stick. Já fui operado aos estículos".
"Quando estou de pau feito... a puta verga".
"O Médico mandou-me lavar a montadeira logo de manhã".

As dores da coluna e do aparelho muscular e esquelético são difíceis de suportar:
"Metade das minhas doenças é desfalsificação dos ossos e intendência para a tensão alta".
"O pouco cálcio que tenho acumula-se na fractura".
"Já tenho os ossos desclassificados".
"Alem das itroses tenho classificação ossal".
"O meu reumatismo é climático".
"É uma dor insepulcrável".
"Tenho artroses remodeladas e de densidade forte".
"Estou desconfiado que tenho uma hérnia de escala".

O português bebe e fuma muito e desculpa-se com frequência:
"Tomo um vinho que não me assobe à cabeça".
"Eu abuso um pouco da água do Luso".
"Não era ébrio nato mas abusava um pouco do álcool"
"Fujo dos antibióticos por causa do estômago. Prefiro remédios caseiros, a aguardente queimada faz-me muito bem".
"Eu sou um fumador invertebrado".

O aparelho digestivo origina sempre muitas queixas:
"Fui operado ao panquecas".
"Tive três úlceras: uma macho, uma fêmea e uma de gastrina".
"Ando com o fígado elevado. Já o tive a 40, mas agora está mais baixo".
"Eu era muito encharcado a essa coisa da azia".
"Senhor Doutor a minha mulher tem umas almorródias que com a sua licença nem dá um peido".
"Tenho pedra na basílica".
"O meu marido está internado porque sangra pela via da frente e pinga pela via de trás".
"Fizeram-me um exame que era uma televisão a trabalhar e eu a comer papa".
"Fiz uma mamografia ao intestino".
"O meu filho foi operado ao pence (apêndice ) mas não lhe puseram os trenos ( drenos), encheu o pipo e teve que pôr o soma (sonda)".

Os medicamentos e os seus efeitos prestam-se às maiores confusões:
"Ando a tomar o Esperma Canulado"- Espasmo Canulase
"Tenho cataratas na vista e ando a tomar o Simião" - Sermion
"Andei a tomar umas injecções de Esferovite" - Parenterovit
"Era um antibiótico perlim pim pim mas não me fez nada" - Piprilim
"Agora estou melhor, tomo o Bate Certo" - Betaserc
"Tomo o Sigerom e o Chico Bem" - Stugeron e Gincoben
"Ando a tomar o Castro Leão" - Castilium
"Tomei Sexovir" - Isovir
"Tomo uma cábulas à noite".
"Tomei uns comprimidos "jaunes", assim amarelados".
"Tomo uns comprimidos a modos de umas aboborinhas".
"Receitou-me uns comprimidos que me põem um pouco tonha".
"Estava a ficar com os abéticos no sangue".
"Diz lá no papel que o medicamento podia dar muitas complicações e alienações".
"Quando acordo mais descaída tomo comprimidos de alta potência e fico logo melhor".
"Ó Sra. Enfermeira, ele tem o cu como um véu. O líquido entra e nem actua".
"Na minha opinião sinto-me com melhores sintomas".

O que os doentes pensam do médico:
"Também desculpe, aquela médica não tinha modinhos nenhuns".
"Especialista, médico, mas entendido!".
"Não sou muito afluente de vir aos médicos".
"Quando eu estou mal, os senhores são Deus, mas se me vejo de saúde acho-vos uns estapores".
"Gosto do Senhor Doutor! Diz logo o que tem a dizer, não anda a engasular ninguém".
"Não há melhor doente que eu! Faço tudo o que me mandam, com aquela coisa de não morrer".

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Estou tão cansada de ser assim



_________

"Former model Tyra Banks has 'dressed' herself up in a 'fat suit' to experience discrimination linked to obesity. She went out on the streets looking like a 350 pound lady and the reactions she got shocked her deeply.

"It seemed like the last form of open discrimination that's okay, and I decided to put on a 350-pound suit myself and live that life for a day and see what happens," she said.
"And it was one of the most heartbreaking days of my life."

"I started walking down the street, and within 10 seconds a trio of people looked at me, snickered, looked me right in my eye and started pointing and laughing in my face", the talk-show host said.
"And I had no idea it was that blatant." "

domingo, 1 de novembro de 2009

The Orphan

Muito bom. Macabramente espectacular. Grande pequena

Isabelle Fuhrman.

Um filme de suspense e de jogo psicológico que nos prende ao ecrã do início ao fim.

Trailer com legendas em Português aqui.
Entrevistas aqui e aqui

Aquário

Apesar de ser amante da humanidade, o aquariano é um solitário. Ele consegue antever o que ainda não foi inteiramente criado, mas que já pode ser imaginado. Para ousar e inventar, o nativo de Aquário precisa ter a mente aberta.
Signo da produção em série, da moda e das ideologias reformadoras, Aquário trata todo mundo igual, do mais humilde ao mais imponente membro da sociedade, pois percebe a humanidade que ambos possuem. E é em prol desta humanidade que o aquariano é capaz de comprar as brigas mais feias e sofrer a perseguição dos mais conservadores.
O nativo deste signo acredita no que pode compreender e busca razões até mesmo para as emoções, campo complicado de sua vida. Aquário precisa de espaço para ir e vir, trocando informações sempre, pois é signo de Ar, muito sociável. Trata amigavelmente a todos e preza sua liberdade, pois precisa dela para exercer sua lógica fria e inovadora. Ao seu ver, as razões afetivas anuviam o julgamento límpido.
O aquariano quer ser diferente, mas odeia ser encarado como tal. Ele preza a igualdade a tal ponto que pode se tornar autoritário, quando não vê esse seu desejo ser atendido.
Apesar de pacífico, Aquário pode defender soluções violentas para os problemas sociais. Na melhor das hipóteses, ele é um inventor, alguém que está sempre adiante de seu tempo, principalmente na moda, na literatura, na política e na história, seus campos privilegiados de auto-realização.
Nas profissões, o aquariano está na linha de frente da empresa de tecnologia de ponta, tentando descobrir como fazer com que o maior número de pessoas tenha acesso às descobertas científicas. Também está presente na política, com idéias revolucionárias que podem chocar os mais conservadores.
No amor, Aquário ama a liberdade pessoal e não gosta de pessoas dependentes, muito emotivas ou que exijam provas de afeto. No sexo, tudo é relativo. Há os que só se acendem depois que a identidade intelectual é acionada, e também aqueles que não se importam com isso. Apesar de amarem a autonomia, aquarianos são capazes de grande fidelidade e devotamento a uma pessoa, quando assim o decidirem.
O nativo de Aquário não gosta que sua vida íntima seja devassada por olhares estranhos. Por ser ousado e gostar de novidades, ele tem sempre uma porta aberta para as aventuras, o que pode impedir um casamento mais conservador.
Tem a capacidade de impor as suas proprias ideias.

_______________________


É realista, versátil e inteligente. Apesar de ter uma natureza algo conflituosa falta-lhe a agressividade de Touro nos momentos decisivos para marcar a sua posição. É muito original nas ideias que apresenta, surpreendendo os outros coma sua capacidade criativa. Sente-se atraído por áreas científicas, agradando-lhe o desenvolvimento tecnológico. É um ás a comunicar seja em que área for. Não tem muitos amigos, porque privilegia mais a quantidade que a qualidade. Vai saltitando de amigo em amigo sem conseguir manter uma relação sólida com nenhum deles. Tem tendência para se isolar dos outros porque vive num mundo só seu, que é muito virado para o futuro. Está sempre à procura de novas emoções, detesta sentir-se preso. Deve afastar-se de Capricórnio, Virgem e Peixes. E procurar Carneiro, Sagitário, Gémeos ou Balança (Libra). Com Touro também se pode sentir em segurança.

_____________________________

O Sol está em Aquário entre 21 de Janeiro e 19 de Fevereiro. Aquário é signo de Ar, regido por Urano, tornando os seus nativos permanentemente interessados no mundo das ideias sobretudo nas que são novas e inesperadas. Os nativos de Aquário são donos de uma grande inteligência embora muitas vezes esta se revele apenas em campos específicos.
Os Aquarianos são muito independentes, ciosos da sua liberdade pessoal, capazes de chegar a extremos para a defender. São naturalmente ansiosos e gostam de experiências várias; não suportam espíritos retrógrados.
Têm uma aparência frágil e nervosa e as suas emoções tendem a ser frias; expressam sentimentos com dificuldade. Necessitam de companheiros controlados e não possessivos.

________________________

O aquário é um signo voltado para o futuro e normalmente vive avançado em relação ao seu tempo. O que um aquariano pensa hoje, a maioria das pessoas vai pensar daqui há 20 anos!
Interessam-se mais pelas ideias do que pelos factos. Os projectos dão-lhes mais satisfações do que as realizações. O aquariano adora sonhar, projectar… e às vezes esquece-se de realizar!
São das pessoas mais independentes que existem. A independência para eles faz tanta falta como o ar que respiram. Não suportam sentir-se espartilhados e limitados. O seu tempo é amanhã o seu lema é a originalidade e inovação. São muito inventivos, donos de enorme criatividade.
Raramente iremos encontrar um aquariano a pensar de uma forma tradicional como os outros comuns mortais. Atiram-se ao novo e querem viver experiências que ninguém viveu.
A sua maior batalha de vida será contra o conformismo, a alienação das mentes e espíritos.
São seres extremamente cerebrais com uma aguda inteligência.

Com toda a sua cerebralidade, os Aquarianos são movidos pela inteligência, mas só reagem aos sentimentos e afectividade. Que grande contradição!!!
Normalmente são tímidos. Mas depois de se sentirem à vontade adoram brilhar.
Precisam de um certo distanciamento e até mesmo da solidão embora gostem do contacto humano, mas sempre preservando a sua área de segurança.
São pessoas extremamente bondosas, sem malícia, sensíveis e com um enorme sentido de amizade.

____________

A frase-chave para Aquário é EU SEI. Os aquarianos são muito receptivos às questões intuitivas acerca do futuro, e por isso podem parecer deslocados ou fora de um lugar na sociedade do presente, e isto porque têm tendência a seguirem a sua própria visão, ao invés dos papéis que existem na sociedade. Adoram o conhecimento, analisarem e usarem as suas mentes, embora por vezes necessitem de desenvolver um pouco mais a sua natureza emocional. Muitas vezes revoltam-se contra o que é convencional, de modo a manterem a sua individualidade, mas ao mesmo tempo tem imenso amor para o grupo como um todo. O símbolo do Aquário é o Aguadeiro - os aquarianos enchem o seu recipiente com conhecimento espiritual e depois partilham-no com as outras pessoas, para o porem ao serviço da humanidade. Procuram constantemente mais liberdade do que aquela que a sociedade pode oferecer.