Páginas

quinta-feira, 29 de abril de 2010


Dentro de 12h sei se passei ou não no Certificate in Advanced English. 
Estou em pânico.

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Coisas destinadas a finalistas

     Todos nós estamos familiarizados com os conceitos Viagem de Finalistas e Baile de Finalistas. A maioria participa em ambos os acontecimentos. Porém, há gente que não vai para um qualquer lado do mundo festejar a sua passagem pelo secundário porque, e dizem eles, "em Abril ninguém é finalista". Porque é cedo demais, porque não se sabe o que vai acontecer, porque há oxigénio na atmosfera. Exactamente as mesmas pessoas fazem questão em comparecer a um baile destinado a quem? Aos finalistas! O que muda num mês? Não sei, mas ando mortinha para perguntar.

sábado, 24 de abril de 2010

Coisas que me tiram do sério I

     Telemóveis a tocar em reuniões/aulas/debates/and so on.

     Mas quem é o pateta que, durante um momento qualquer que implique silêncio e atenção por parte dos ouvintes, deixa o telemóvel com som? A única razão que me parece viável é o facto de haver gente fanfarrona. Ora, quem não tem a preocupação de colocar o seu dispositivo de comunicações móvel no modo silêncio (ou de vibração) só pode querer exibir o seu telemóvel topo de gama ou um toque incrivelmente interessante. Porém, com o fácil acesso a telemóveis (nem que seja pela arte do gamanço), parece-me que quem o faz é simplesmente estúpido.
      É uma questão básica de educação e respeito pelo outro, saber que há momentos em que o toque do telemóvel é bastante perturbador.



     Fui assistir a uma espécie de palestra (não sei bem que termo atribuir àquilo que vi*) com o psicólogo Quintino Aires (sim, o senhor que vai ao Você na TV, na TVI) e houve um constante corrupio a malas e bolos porque os telemóveis pareciam estar a manter um diálogo: ora tocava um aqui, ora outro acolá. Um inferno. Um verdadeiro inferno. Parecia um disco riscado. Ouvia meia dúzia de segundos da voz do senhor psicólogo e depois, para não ser aborrecido, tinha o prazer de deliciar os meus ouvidos com um Sonhador de Tony Carreira (ou do artista que ele plagiou) ou o Nokia Tune que já nos habituou à sua doce harmonia sonora.
     Enfim. Que venham agora aqueles pais criticar os filhos porque usam os telemóveis nas aulas. Children see, children do.



* Eu não sei mesmo o termo apropriado! A frase em questão não tem qualquer tipo de conotação negativa. A minha ignorância é que não me permite saber atribuir, sem dúvidas, uma palavra àquilo a que assisti. Mas arrisco palestra.

sexta-feira, 23 de abril de 2010

"Mas em geral o nosso clima é ameno e simpático, por muito que a comunicação social se esforce para descobrir desastres naturais em qualquer rabanada de vento. Ainda na semana passada, a fazer fé nos jornais, houve um minitufão no Algarve e outro em Lisboa. Na impossibilidade de sermos visitados por tufões, temos minitufões. Note-se que a expressão "minitufão" nem sequer faz sentido. Não há, por exemplo, microgigantes. Um minitufão é, na verdade, um tufinho. Na semana passada Portugal foi, portanto, assolado por dois tufinhos. Não é especialmente assustador."
Ricardo Araújo Pereira, in Visão




Este indivíduo é brilhante.

terça-feira, 20 de abril de 2010

Tempo

      Quanto mais ele passa, mais eu gosto dele, do tempo. Faz-nos crescer. Torna-nos mais velhos, no sentido positivo do termo. O tempo cura tudo.
    
Doem-me os olhos. E a alma.
Peluche nicci 80cm , 69€, daqui.


     Pronto, corrijo o post anterior:

    No dia em que encontrar um homem que me deixe um urso de peluche gigante em cima da cama e, quando eu entrar no quarto, ele aparecer de surpresa a cantar a "Namorada" do Angélico*, me der um envelope com fotos do Gerês (local onde me levará a passar um fim-de-semana) e uma rosa vermelha, caso-me.




* Quem diz esta música diz:
  - 'Cause to Love you - Fingertips
  - Drive - Incubus
  e outras que tais...

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Pensamento solto

    No dia em que encontrar um homem que me deixe um urso de peluche gigante em cima da cama e, quando eu entrar no quarto, ele aparecer de surpresa a cantar a "Namorada" do Angélico, caso-me.

domingo, 18 de abril de 2010

O copianço


"Introdução

            Iremos desenvolver uma espécie de trabalho no âmbito da psicologia que promete ser uma labregada. Vamos pesquisar e, sobretudo, utilizar uma tão afamada técnica que dá pelo nome de copianço. Somos peritos em tal actividade. Se tudo correr como o previsto, ficamos com um trabalho todo bonito, cheio de preciosidades líricas a serem avaliadas pelos mais ilustres psicólogos do século XXI e não só (há meia dúzia de já falecidos terapeutas que ficaram deveras interessados no nosso tópico. Aqui estaremos para os receber)."


E pronto, encontrei isto num ficheiro com o meu trabalho de psicologia - uma versão muito primitiva, claro.

Caros facebookianos,

   Venho por este meio suplicar (friso o suplicar) que não me convidem para grupos. É extremamente irritante abrir o mail e ter dezenas de convites para grupos completamente estúpidos. Sem ofensa aos seus criadores, há grupos bastante infelizes.
   Enuncio então alguns dos melhores (ou deverei dizer piores?) grupos para os quais fui convidada:

   - Eu não quero emprestar dinheiro à Grécia, eles que vendam a taça do euro'04.
    Qual é a finalidade disto??

   - Eu sou de Abrantes.
    E daí? O que tenho eu a ver com a localização geográfica de pessoas que nem sequer conheço?

   - Pessoas que dizem "eu estou a chegar" mas ainda estão a sair de casa.
   Alguém me explica a lógica de admitir publicamente que se é incompetente no que toca a cumprir horários?

   - Eu trato os meus pais por TU.
    Este grupo é possivelmente o mais idiota.

   - Eu ainda acredito que os bebés vêm das cegonhas!.
   Então és estúpido! (ou tens menos de 5 anos)

   - Faço parte dos 5% das pessoas que comem o pepino do hamburguer do McDonald's.
    O que eu gosto de tomar conhecimento dos hábitos alimentares alheios...

   - Se os meus pais soubessem metade da minha vida, deserdavam-me!.
    1: Há pessoas que fazem asneiras graves.
    2: Há pessoas que sabem que são deserdadas se os pais descobrem que fazem asneiras graves.
    3: A Internet é um rápido meio de comunicação e transmissão de mensagens.
    Qual é, então, a melhor maneira de evitar sermos deserdados? Ora aí está, afirmar sermos errantes perante a comunidade cibernética.

   - Mulheres que odeiam ir ao ginecologista.
    Ainda estou para receber o convite do "mulheres que odeiam ir à médica de família", "mulheres que odeiam ir ao dentista", "mulheres que odeiam ir ao cirurgião plástico", ... Por amor da santa.

   - Eu não gosto nada quando alguém diz "quaisqueres" em vez de quaisquer!
    Que grande coisa... E eu odeio que me convidem para grupos do Facebook!

   - Eu durmo de meias e com a blusa do pijama dentro das calças.
    Que bom que dormes aconchegadinho mas... que tipo de interesse é que esta informação pode ter?

    - Não suporto viver sem música!.
    Este grupo tem um mote genial. Tão genial como "Não suporto viver sem oxigénio". Não há ninguém que aguente muito tempo sem música. Ouvimo-la em todo lado! Até no supermercado. (Ainda ninguém se lembrou de fazer um grupo do género: As músicas do supermercado são super irritantes. Fica aqui a dica)

    - Sem paciência para pessoas complicadas.
    Mas em que é que isto é especial para ter direito a ser título de um grupo? Se ainda fosse "eu tenho imensa paciência para pessoas complicadas"... Aí sim! Era alguma coisa de valor. Mas o que é advogado aqui é uma coisa muito banal. Quem se junta a este grupo também se junta, certamente, a coisas do tipo: Odeio a mentira (há alguém que adore?), Não gosto de pessoas convencidas, Adoro a honestidade, and so on...

    - Babo-me toda/o a dormir!!!!.
    Só o simples facto de ter um comboinho de pontos de exclamação, captou logo a minha atenção (não gosto nada de ver). Esta informação até poderá ser útil na medida em que afasta os possíveis interessados em dormir com as pessoas pertencentes a tal grupo.
    
   - às vezes estou na cama e ouço o tic tac do meu relógio.
   Deveras interessante. Not.

  - Grupo de quem ao início achava que o gajo dos Tokio Hotel era uma gaja.
   Este grupo é a prova que se estão a fazer uniões com base em coisas do senso comum. Mas alguém achou logo que aquilo era um indivíduo do sexo masculino?



Enfim, já chega.


Johnny Depp #11

Samsung Diva

Quero tanto este! Preciso urgentemente de um TMN novo. De momento possuo dois equipamentos da rede em questão e nenhum funciona devidamente. Um é óptimo para mandar mensagens mas não dá para efectuar chamadas visto que avariou e não tem som. O outro é muito bom nas chamadas e péssimo nas mensagens porque tem teclas que não funcionam bem.
Ora, isto leva-me à conclusão apresentada logo na segunda frase: tenho de comprar um telemóvel TMN novo. Depois de pesquisar e muito olhar, escolhi este. Só é pena custar 160€. Logo se vê.

Nome: Maria Eduarda
Idade: 18 anos
Aniversário: 
5 de Fevereiro
OlhosCastanhos
Cabelo: Castanho 
Altura: 1.69m 
Irmãos: 
Um irmão mais novo.
Apelidoduda
SignoAquário
E-mail: perguntamequepodeser@queeutediga.com 
Uma frase: Errar uma vez é humano. Repetir o erro é pura estupidez.
Pessoas: poucas. muito poucas.
Uma banda:
Muse
Uma peça de roupaVestido
Um sentimento: Amor
Um animal: Gato
Um gesto: Abraço
Um lugar: O meu quarto
Um objecto: iPod
Um veneno: Mentira
Uma arma: A boca
Um horário: depois das 22h.
Um verbo: Rir
Ídolo: 
Não tenho.
Um diaSexta-feira.
Um barulho: música. muita música. E chuva.
Um actor: 
Johnny Depp
Um calçado: Botas timberland
Um número: 22 e 5
Uma bebida: sumo de ananás
Uma comida: Massa
Um doce: pastel de nata
Uma mobília: cama
Uma letra: D
Um meio de comunicação: SMS
Um nome: Eduarda
Uma pergunta: "Gostas de mim?"
Um pedido: um café, se faz favor
Uma mania: Tapar a barriga
Um desenho animado: Noddy e Pocoyo
Um personagem: Pocahontas
Um perfume: muitos.
Uma jóia: o anel que ainda não tenho.
Uma estação: inverno
Uma fruta: banana
Uma cidade: Londres
Uma disciplina: Português
Uma serie: House, Ghost Whisperer, Simpsons, CSI, Bones.
Uma novela: no me gusta novelas.
Uma música:  The Pretender dos Foo Fighters
Um sonho: Ser feliz
Um filme: Piratas das Caraíbas
Um livro: nenhum em especial. não sou grande leitora (vergonha!)

Dia ou Noite: Noite
Cego ou Surdo: Nenhum dos dois.
Amor ou Paixão: Amor
Pôr ou Nascer do sol: Pôr do Sol
Verão ou Inverno: Inverno para estar em casa em frente à lareira. Verão para sair e bombar até de manhã.

Verdade ou Desafio: Verdade
Piscina ou Oceano: Piscina
Bolo ou Torta: Bolo
Manteiga ou Requeijão: Manteiga
Ouro ou Prata: Ambos
Diamantes ou Pérolas: diamantes
Chuveiro ou Banheira: Banheira
Fogo ou Água: Água
TV ou Cinema: Cinema
Filme ou Novela: Filme
Sair ou Ficar em casa: Sair
Preto ou Branco: Preto no branco
Velho ou Novo: Novo
Café ou Chá: Café





perguntas gamadas descaradamente à Eli.

Baile de Finalistas #3

    Sim, eu sei que o tópico já está farto de ser abordado aqui, mas encontrei um vídeo (clica aqui para ver) que, supostamente, me ia ajudar a saber o que levar na Clutch. Ora aqui fica a listinha de produtos que a moça aconselha a por na malinha:
   - eyeliner
   - rimmel
   - lip gloss
   - câmara fotográfica
   - mentos ou tictacs, para o hálito
   - gel de limpeza para mãos
   - toalhitas absorventes para a pele
   - escova de dentes
   - perfume
   - dinheiro
   - telemóvel

  Os que se seguem são conselhos de outros vídeos:
   - spray para o cabelo
   - lenços
   - base
   - lip stick
   - ganchos
    ...


    Mas afinal, era suposto eu saber organizar uma mala para festas, ou saber fazer uma mochila de campismo?

sábado, 17 de abril de 2010

    Mensagem para a Ne:

    Há decisões difíceis que têm de ser tomadas. Nada pode comprometer a tua felicidade e o teu sentimento de bem-estar. Por saber disto, concluí um longo ciclo. Virei a página e comecei um novo capítulo. Reconstruir tudo dói como se fosse uma ferida e, como esta, tem o mesmo processo de cura: incha, desincha e passa. O tempo é nosso amigo e cura tudo.

     Espero que estejas a acompanhar o meu raciocínio. Se não entendeste, fica a dica: a decisão da Mínia assemelha-se à tomada pela sua intérprete. Só não há carrasco, para eu ver a cabeça rolar. 



    Agora quero esquecer o assunto e pronto. Está tudo bem.
    De repente, senti o meu coraçãozinho tão pequeno. Um aperto no peito tão grande.
    "Incha, desincha e passa." Acho que já está a desinchar.

Baile de Finalistas #2

   Pronto. Já comprei sapatos. São lindos! Agora estou naquela: será que vou fazer um entorce ou partir uma perna?
   Tenho tanto jeito para andar com saltos altos como para fazer ponto cruz*. Até dia 30 deste mês, avizinham-se horas de treino intensivo para não cair à porta do restaurante ou, pior ainda, para não conhecer a toalha de mesas alheias com os dentes.

   Que o equilíbrio esteja comigo.



* Não tenho qualquer tipo de aptidão para realizar tal actividade.
    Tenho tudo espalhado. Recortes, fotografias e papeis perdidos. Tudo o que cheira a ele está pronto a ser recolhido. O pó que cobre tais objectos cheios de sentido, lembra-me uma vida. Fico comovida.
    No meu corpo ainda sinto as suas mãos doces com afectos (que descobri serem vazios). Agarro-me a datas e locais que me transportam para momentos felizes. Nos lábios guardo o calor que ele é e isso provoca em mim arrepios.
     Ouve portas que ficaram por visitar. Janelas que uma vez ignoradas, permanecem fechadas para a vida. Também já não tenho interesse em explorá-las. Afinal, não ficas eternamente.

    Decido então arrumar tudo numa caixa escondida (até de mim). Não preciso ver aquilo que dói.
    No fim de contas, nem sei quem ele é.

    Tudo é efémero.

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Dinaussauros



Fez-me uma impressão dos diabos ver ali os ossos dos bichos.
Sim, eu já sabia que tinham existido dinaussauros mas nunca tinha visto "provas". So far, tinha tido acesso a desenhos e esquemas artísticos. No Natural History Museum pude ver os ossinhos todos e outras partes do animal. Fez-me confusão, pronto. Afinal, parece que é mesmo real...

Sim, é um bocado o lema do "ver para crer".

Fuck you - Lily Allen





Mesmo a calhar.

terça-feira, 13 de abril de 2010

Baile de Finalistas

    Parece que a tarefa impossível já está concluída. Comprei o meu vestido. É muito simples e clássico, todo preto (igual ao da foto ao lado). Falta a outra parte importante. Os sapatos. Que cor devo escolher? Não podem ser pretos, não é? Era uma monotonia total! A não ser que tenham pequenos detalhes de outra cor...
   Eu tinha pensado nuns sapatos vermelhos mas a minha mãe diz que isso é uma combinação hedionda. E se forem rosa? E azul?
   Socorro! Preciso de ajuda!


   Quando falo de sapatos, falo também do casaquinho e da mala a levar.
E pronto. Tenho DVD's novos: Ed Wood, The Brave, The libertine, Blow, Edward Scissorhands, Gilbert Grape. Londres é o paraíso para os admiradores do Johnny Depp. E a quantidade de posters gigantes? Verdadeiras pechinchas! 





Estado da colecção:
22 DVD's em minha posse.
25 filmes vistos de um total de 39.


Ano Filme (nome adoptado em Portugal)
1984 - A Nightmare on Elm Street (Pesadelo em Elm Street)
1985 - Private Resort
1986 - Platoon (Os Bravos do Pelotão)
1990 - Cry-baby (Quem não chora não ama)
1990 - Edward Scissorhands (Eduardo Mãos de Tesoura)
1991 - Freddy's Dead: The Final Nightmare (O último pesadelo em Elm Street)
1993 - Arizona Dream (Arizona)
1993 - Benny & Joon
1993 - What's Eating Gilbert Grape (Gilbert Gape)
1994 - Ed Wood
1995 - Don Juan DeMarco
1995 - Dead Man (Homem Morto)
1995 - Nick of Time (Minutos Contados)
1997 - Donnie Brasco
1997 - The Brave (O Bravo)
1998 - Fear and Loathing in Las Vegas (Delírio em Las Vegas)
1998 - L.A. Without a Map
1999 - The Ninth Gate (A Nona Porta)
1999 - The Austronaut's Wife (A mulher do astronauta)
1999 - Sleepy Hallow (A lenda do Cavaleiro sem Cabeça)
2000- Before Night Falls (Antes que anoiteça)
2000- The Man who cried (Um Homem chora)
2000- Chocolat (Chocolate)
2001 - From Hell (A Verdadeira História de Jack, O Estripador)
2001 - Blow (Profissão de Risco)
2003 - Once Upon a time in Mexico (Era uma vez no México)
2003 - Pirates of The Caribbean: The Curse of the Black Pearl (Piratad das Caraíbas: A maldição do Pérola Negra)
2004 - Finding Neverland (À Procura da Terra do Nunca)
2004 - Secret Window (A Janela Secreta)
2004 - The Libertine (O Libertino)
2005 - Charlie and the Chocolate Factory (Charlie e a Fábrica de Chocolate)
2005 - Corpse Bride (A Noiva Cadáver)
2006 - Pirates of the Caribbean: Dead Man's Chest (Piratas das Caraíbas: O Cofre do Homem Morto)
2007 - Pirates of the Caribbean: At the World's End (Piratas das Caraíbas: Nos Confins do Mundo)
2007 - Sweeney Todd: The Demon Barber of Fleet Street (Sweeney Todd: O Terrível Barbeiro de Fleet Street)
2009 - Public Enemies (Inimigos Públicos)
2009 - The Imaginarium Of Doctor Pernassus
2010  - Alice in Wonderland (Alice no País das Maravilhas)
2010 (data prevista) - The Rum Diary
2010 (data prevista) - Dark Shadows
2011 (dara prevista) - Rango
???? - Pirates of the Caribbean 4

exemplo - Já vi o filme
exemplo - Já tenho o DVD
exemplo - Ainda em filmagens
exemplo - Em prós- produção
exemplo - Ainda por começar

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Não me apetece trabalhar. Nada mesmo.
7 semanas de aulas. Tão pouco tempo e no entanto avizinha-se tanto trabalho. Tenho o coraçãozinho nas mãos. A culpa é da matemática.

Aos leitores que ainda se encontrem no 3º ciclo do ensino básico ou ciclos anteriores, aqui fica a mensagem:
Minha malta jovem, não caiam no erro de escolher a área de ciências e tecnologias no secundário. Quem avisa, amigo é.

Pronto, vou parar de reclamar e dedicar-me às poucas tarefas que (já) tenho para fazer:
Ler o Auto da Índia para a ficha de português a acontecer quinta-feira.
Fazer a porcaria do diário de bordo para àrea de projecto.
Corrigir o teste intermédio de matemática.
Estudar biologia porque ainda não percebi nada (desde que o ano começou. admito que a culpa é minha porque simplesmente não quero saber daquela javardice).
Fazer o trabalho de psicologia que deverá ser entregue amanhã, acho.

Johnny Depp #10

Johnny Depp, no Madame Tussauds.

Sim, a foto está desfocada. Eu sei, mas eu não tirei nenhum workshop de fotografia.

O Rei Laudamuco

      Foi BRUTAL! Adoro aquela peça de teatro. Era óbvio que, a acontecer na minha terra, ia correr (relativamente) bem. São os ares de Coimbra e arredores*.
     Adorei a companhia, o dia, as pessoas e o nervoso miudinho.

     Quando, em cena, nos irritamos mesmo a sério, é sinal que as coisas até funcionaram bem, não é?
     Gosto muito dos meus companheiros de cena.

     E assim foi. Uma estreió-despedida - a primeira vez que fiz a peça com um guião previamente estudado e a última vez que a faço visto que o papel não é meu.

     Agradeço que me façam chegar fotos, se estas existirem.


* A peça foi dia 10 deste mês, em Santo Varão.

London

     Fiquei apaixonada por Londres. Se pudesse ir estudar para lá*, nem pensava duas vezes. A cima de tudo, gostei de ver gente gorda, magra, de cabelo azul, judeus, árabes, chineses, and so on, tudo tratado de igual maneira. Até dá gosto.
     Os ingleses são extremamente simpáticos (pelo menos aqueles com quem contactei) e é tudo bastante organizado.
     Tirando as refeições do avião, tudo perfeito.



    Quanto à foto... Ora, o que há de mais londrino do que a gabardine do Mourinho exposta no estádio do Chelsea?



* Com o "poder estudar em Londres", entenda-se que me refiro ao investimento monetário necessário para me mudar para tal cidade. Deve custar um bocadinho mais do que um cafezinho.

Voltei

   Pois é. Cá estou eu outra vez. Não sei exactamente quão boa é esta notícia para as duas ou três pessoas que lêem isto, mas pronto.
   Seguem-se uma série de posts sobre as mais recentes novidades e pensamentos descabidos. Caso não me ocorra nada, ficamos pelas novidades, sim?