Páginas

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

   Durante todo o verão tenho estado em modo offline. Não sei se foi uma maneira de me distanciar da realidade que conhecia para me habituar a um recomeço, se simplesmente, aconteceu. A verdade é que o verão passou por mim sem que eu desse muito por ele. Sabia que dentro de pouco tempo iria para Coimbra - se tudo correr bem, claro - e que abriria um novo capítulo da minha existência. Ainda assim, senti sempre que eram planos ainda distantes e que tinha muito tempo. A verdade é que a 17 dias de saber o resultado da candidatura, continuo a achar que o tempo está a passar incrivelmente devagar e que faltam meses para me mudar.
     Quando se fala em idas ao IKEA é que tenho calafrios. São estes passos da mudança, estas provas, que me acordam e me mostram que falta pouco mais de duas semanas. Tenho de ir arrumar a casa, preparar o espaço que está destinado a ser o meu quarto para que eu o sinta como tal. É uma coisa que preso muito - que o meu quarto seja o espelho do que sou. Se não me sentir em casa no meu quarto, estou muito mal instalada. Tenho de arranjar uma secretária, cortinados, tapetes, conjunto de cama, estantes e outros elementos decorativos. Preto e branco com detalhes rosa, acho que é a combinação perfeita para o meu quarto de estudante.
     As coisas estão a tornar-se tão reais que começo a ficar extremamente ansiosa...

Sem comentários:

Enviar um comentário