Páginas

sábado, 21 de janeiro de 2012

Coisas que me tiram do sério III

          Não gosto que me "copiem" as expressões que uso frequentemente quando falo, que são quase um "cunho pessoal".

          Tenho a mania parva de pegar em meia dúzia de expressões e usá-las imensas vezes ao longo do dia. Por exemplo, quando cheguei à faculdade comecei a dizer "justamente" de forma exagerada. Passou a ser usado para tudo. Qualquer coisa que me dissessem era respondido com "justamente". É uma coisa sem sentido, sem piada, sem coisa nenhuma. Mas é uma mania minha. E eventualmente, há alguma alma perdida que decide passar a fazer precisamente o mesmo. A dizer a palavra com a mesma entoação que eu, nas mesmas alturas e até com mais frequência.
           E isto irrita-me. Desde que me lembro, sempre foi assim. E é por isto que ando sempre a arranjar novas "palavras fetiche".


          (em épocas de exames temos de arranjar com que nos distrair, não é verdade? Eu optei por me irritar com coisas absolutamente aleatórias)

8 comentários:

  1. Como te compreendo! Sinto o mesmo em relação, não só a expressões, mas também a outras coisas que marcam a MINHA identidade!:p

    Eles que inventem coisas só para eles! ahah

    ResponderEliminar
  2. Podes crer. Eu adoro palavras. Escritas e faladas. E tento usar um discurso mais ou menos próprio, isto é, ter um conjunto de palavras menos comuns que digo, para ser diferente, para não ouvir sempre o mesmo. E o pior que me podem fazer é copiar-me.

    A verdade é que pus o "justamente", que durante um ano me identificou e o pessoal já se punha comigo por causa de tal palavra, completamente à parte. Não a digo mais porque agora muitos a dizem. E depois ainda a dizem ao pé de mim tipo "vês, é tão engraçado, também digo". AAAHHHH, que nervos.

    Ao menos são essas pessoas que me fazem procurar novas palavras para dizer :p

    ResponderEliminar
  3. Ui. Ias odiar-me então. Eu sou perito em imitações :P

    ResponderEliminar
  4. Quem sabe se não se tornaria um desafio e eu arranjava constantemente novas palavras para usar :P

    ResponderEliminar
  5. Eu também uso algumas palavras/expressões imensas vezes. É curioso que uma das palavras que tenho usado muito é um advérbio de modo, mas não é "justamente", mas sim "claramente" :)

    ResponderEliminar
  6. Afinal não tenho assim manias tão estranhas, já percebi :P

    "Claramente" também é uma palavra porreira :D

    Tenho de pegar num dicionário e escolher a próxima palavra a dizer exaustivamente.

    ResponderEliminar
  7. When you take things too personally and seriously, you make yourself more vulnerable to hurt feelings, anger, frustration and unhappiness.

    ResponderEliminar
  8. Eu tinha a mania do "Certo!" e passei a pedir que me chamassem à atenção de cada vez que usasse a palavra como se não houvesse amanhã ;)

    ResponderEliminar