Páginas

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

25 dias para ir e...

       ... já comprei o bilhete de avião e já tratei do quarto. Ainda assim, pouco me soa a real. Parece-me que só quando aterrar em Roma é que vou perceber que o que está a acontecer.

       Para já comecei a tratar de algumas coisas.
       Consulta no oftalmologista: check. A graduação mantém-se e é um bom sinal - é a primeira vez que a miopia estagnou. 
       Consulta no dentista: para a semana. O pânico já começou a parar os meus órgãos. Até à data da consulta temo falecer.
       Malas: já debaixo de olho, mas nada comprado. Posso levar duas no porão com 23kg e 10kg. Não faço a menor ideia da tradução deste peso em quantidade de roupa e tamanhos de mala.
       Arranjar o computador: processo que está a ser adiado há um ano. É rezar que já não seja tarde demais.
       Comprar um disco externo: por fazer.
       Encontrar uma máquina fotográfica e comprar cartões: por fazer.

      Entretanto li que o aeroporto onde vou aterrar tem uma elevada taxa de roubo às malas depois de despachadas. Já estou a ver chegar lá com a mala vazia. O pânico.

      Vou só comprar Xanax e já volto.

2 comentários:

  1. Na mala que vai connosco na cabine leva-se o mais importante, como carteira, chaves, telemovel, etc...e no teu caso um dicionário Português-Italiano :P

    ResponderEliminar
  2. Gostei imenso do blog, estou a seguir-te :)

    ResponderEliminar