Páginas

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Estou num daqueles momentos em que só me apetece ouvir música e pensar como seria o amanhã se o ontem não tivesse acontecido.

sábado, 9 de outubro de 2010

A velhice

     Se há coisa pela qual tenho um tremendo respeito é por pessoas com idade considerável. Gosto de velhos, pronto. No entanto é pena reparar que quase ninguém pensa como eu.
     As pessoas idosas (ou da terceira idade ou o que lhe queiram chamar) têm muito mais para contar do que qualquer jovem meio vivido. Eu, por exemplo, delicio-me a ouvir os meus avós contar episódios do tempo do Salazar e todas as coisas que eu hoje considero básicas mas que na altura eram estritamente proibidas. Falam-me dos pides, dos chibos, da opressão, das confusões... E eu fico horas a ouvir, sem me queixar ou ter noção do tempo passar.
      Ainda assim, apesar desta parte extremamente lúdica que descobri com a estadia com os meus avós, vi-me confrontada com uma parte menos positiva mas que eu entendo. É-lhes complicado (pelo menos para os mais velhos que têm mais dificuldades em adaptar-se aos novos costumes) ver-me sair de noite, estar o dia todo fora com amigos, não comer carnes vermelhas (pelo menos com muita frequência) e ter calças rotas, camisolas mais decotadas, roupa mais justa, calças com a cinta descaída... Enfim, uma panóplia de costumes que a eles são novos e que tendem a rejeitar. Apesar do natural choque de gerações, eu respeito imenso o que me é dito e tenho toda a paciência do mundo no que toca aos meus avós e àqueles com idades como as deles.
       E foi com este contacto diário com os meus avós que descobri que quero abrir um lar de luxo, mas com custos reduzidos para que todos tenham acesso a ele. Quando falo em luxo não digo que tenha massagistas e cabeleireiros todos os dias. Digo é que haverá gente para acompanhar quem precisa, companhia, serões de actividades, higiene, comida (e não rações, que não estamos a tratar de animais) e gente que, como eu, esteja disposta a ouvir. Ás vezes o melhor cuidado é sentar-mo-nos ao lado de quem precisa e fazer uma coisa tão simples como ouvir o que os outros querem dizer.

lina#2

(após a remodelação do quarto)

Avó: Agora tem de se meter um parafusinho para pendurar esta Cruz
Mãe: Não. Ficas já a saber que a tua neta não acredita em nada disso.
Avó: (extremamente ofendida) Não acredita? "Ómessa!" Mas não acredita porquê? Ele nunca fez mal a ninguém! Oh oh... Mas o que é que lhe deu agora? (dirigindo-se a mim) Agora és Jeová, é?


E esta será a única coisa que não há maneira nenhuma da minha avó aceitar: o meu ateísmo.

Lina#1

  (perante uma placa de direcção que dizia "P. de Campismo")

Avó: Praça de campismo... Oh E., onde é a Praça de Campismo?
Avô: Praça de Campismo? O que é isso?
Avó: Não sei... Estava ali numa placa a dizer isso.
Avô: Não seria Parque de Campismo?
Avó: Não sei, tinha lá um P, pensei que fosse praça. Mas então, onde é isso de Parque de Campismo?
Avô: Olha, por acaso não sei. Deve ser para ali para os lados de...
Avó: Ah, já sei. Deve ser aquilo dos cavalos!


E pronto, são estes momentos impagáveis que aliviam o stress diário.

Autocarros

      Por mais que me esforce, não consigo gostar de andar de autocarro. Odeio ter de estar à mercê do horário de trabalho alheio. Como se já não bastasse ter de me restringir a horários e a gramar com os cheiros provenientes das entranhas que não são minhas, ainda tenho de levar com o humor dos motoristas.
      Cada vez que entro num autocarro tenho sempre a sensação que estou a incomodar o senhor que está a guiar a carripana porque ele olha qualquer passageiro como se fosse uma ameaça. É quase um "mas esta gente não pode ir a pé? porque é que tem de me estar a sujar a camioneta?". Não suporto isso. É que já é mau que baste ter de me sentar numa paragem e rezar que não tenha de esperar muito, ainda tenho de me meter num veículo conduzido por um indivíduo trombudo e, como o autocarro está sempre com muita gente, tenho de me segurar a corrimões ou postes e aguentar aquilo que mais parece um carrocel: ora tombo para a esquerda, ora vou a correr para a direita. Pior é sentar-me e levar com gente que cai em cima de mim.
      Já apanhei condutores muito simpáticos e atenciosos, já. Mas a maioria responde mal e sente-se insultado se alguém ousa perguntar "este autocarro pára em _____?".

      Enfim, a isto estou limitada até ganhar coragem para tirar a carta de condução. O B. diz que vou chumbar de certeza. É um amor de pessoa, está claro.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Estado de espírito

       Começo a aperceber-me que a força de vontade não chega. Isto é tudo muito bonito e é o perseguir de um sonho mas vai doer muito. Comprar os livros não é só uma dor financeira como de costas porque além de enormes, são calhamaços bem pesados. É muita coisa explicada em pouco tempo e demasiada página para 7 ou 8 perguntas de um exame. Tenho medo das orais. Ainda me continuo a sentir um bocado estranha à faculdade. Quase como se eu fosse uma espécie de virus. Já tenho a minha Mafalda e o Bruno que é um amor de pessoa - e que foi obrigado a beber uma garrafa de água tendo como copo a rolha da garrafa. Ando a desesperar porque apesar de ter achado piada a algumas praxes que já me foram feitas, queria que já tivessem acabado e poder andar descansada até ao fim do ano. Tenho dores de garganta (facto omitido de toda a gente para que ninguém stresse sobre a minha condição de saúde) e estão a tornar-se desconfortáveis. Espero que passem as soon as possible!
        Tenho visto filmes de terror como se não houvesse amanhã. Espero não me tornar uma psicopata.
        Tenho um professor que ora se baba todo a beber água - esquece-se de engolir, creio - ora se espalha na sala de aula e cai em cima das alunas. Há colegas que são... ora, vamos lá... particularmente interessantes e têm um feitio muito especial. Ainda me estou a habituar à tremenda diversidade de pessoas que encontramos numa só faculdade.
         Estou a saborear, pela primeira vez na vida, ter uns avós completamente presentes em tudo. Com meia dúzia de situações caricatas, cá estou eu.
         Odeio transportes públicos. Odeio. É bom que o meu Pimpas invente o tele-trasporte assim que consiga! E que ele não me venha com a treta de que é impossível! Que se amanhe! Detesto ter de andar de autocarros porque tenho de acordar muito cedo para chegar à faculdade às oito da matina e nunca tenho um veículo que me apanhe à hora que eu quero no sítio que eu quero. Fico com rugas do tamanho das crateras da lua depois de um dia de transportes públicos.

         E pronto, muito basicamente, é isto que se passa na minha vida. Ainda tenho apontamentos de Direito Constitucional para passar a limpo. Baldei-me para poder vir aqui um bocadinho. Que o senhor esteja comigo e me deixe chegar ao fim desta semana sem um esgotamento. (Sim, se me estou a queixar agora, na terceira semana, imagino mais adiante...)

Praxe d'hoje

      Hoje, para além de comer o prato principal sem faca - ou seja, com com garfo - comi uma banana, sem lhe tocar com nenhuma parte do corpo nem a descascar previamente, com uma colher. Saí-me tão bem que só me deu vontade de tirar fotos ao meu feito heróico. Praxe preferida até hoje!

Q&A


1) Are you really ready for 111 questions? absolutely.
2) Was your last real relationship a mistake? we always learn something, I guess...
4) Who did you last say "i love you" to? Him.
5) Do you regret it? at times, I do. But as I said before, we always learn something.
6) Have you ever been depressed? sometimes.
7) Are you a boy or girl? the strong one... a girl!
9) What is your relationship status? I'm single.
10) How do you want to die? What the hell?! I do not want to die!
11) What did you last eat? Yogurt.
12) Played any sports? At school, at I didn't want to.
13) Do you bite your nails? not at all!
14) When was your last physical fight? Like... never?
16) Do you like someone? I like a lot of people. No one in particular. 
17) What is your real name? Maria Eduarda.
19) Are you gonna get high later? NO
20) Do you hate anyone at the moment? yes
21) Do you miss someone? yes. not that I want to...
22) Twirl or cut your spaghetti? twirl.
23) Do you tan a lot? yes yes yes
24) Have any pets? three dogs, one cat, one rabbit, some birds, some fish and I think that it.
25) How exactly are you feeling? afraid that I will not manage to complete this first year of university successfully.
26) Ever eaten food in a car while someone or yourself is driving? I can't drive. Unfortunately. But yes, I have eaten while someone was driving.
27) Ever made out in the bathroom? For sure.
28) Would you take any of your exes back? no.
29) Are you scared of spiders? more that anything in this entire world!
30) Would you go back in time if you were given the chance? Maybe. I would give it a second thought.
31) Do you regret anything from your past? I try not to.
32) What are your plans for this weekend? I have no idea, actually  :o
33) Do you want to have kids? yes yes yes! three or four!
34) Did you ever kissed someone whose name starts with an M? No
35) Do you type fast? Not as fast I would like to! The same for writing...
36) Do you have piercings? How many? No!
37) Want any more? No! I'm too terrified about the idea of having needles around me!
38) Can you spell well? I think so...
39) Do you miss anyone from your past? Hm, yes.
40) What are you craving right now? to finish my degree in Law with the best grades that I can achieve!
41) Ever been to a bonfire party? No.
43) Have you ever been on a horse? No.
44) Kissed someone in a pick up truck? No.
45) Have you ever broken someone’s heart? Yes.
46) Have you ever been cheated on? Yes.
47) Have you made a boyfriend/girlfriend cry? Yes.
49) Would you live with someone without marrying them? Without a doubt.
50) What should you be doing? studying the portuguese constitution or something similar...
51) What’s irritating you right now? The fact that I have to deal with really stupid people that just call you when they need something and you're sure that the day you need a thing, they won't be there.
52) Have you ever liked someone so much that it hurt? Yes.
53) Does somebody love you? Yes.
54) What is your favorite colour? Orange. And Pink. 
55) Have you ever changed clothes in a vhicle? More than once.
57) Do you have trust issues? A few...
60) Do you have a good relationship with your parents? Hm... Somedays. 
62) Do you believe what your most recent ex thinks about you? not at all.
63) Who was the last person you cried in front of? André Alguém.
64) Do you give out second chances too easily? More than I liked to.
65) Is it easier to forgive or forget? I have a really hard time doing any of them. But forgetting is impossible. 
66) Is this year the best year of your life? Not sure.
67) What was your childhood nickname? Dadinha.
68) Have you ever walked outside completely naked? NO!
70) Do you believe everything happens for a reason? I have to. Otherwise I would have killed myself a long away.
71) What is the last thing you did before you went to bed last night? Hm, sent a text message? I can't remember properly. 
73) What is bothering you? Futile people.
74) Have you ever been out of your province? Yes.
75) Do you play the Wii? No.
76) Are you listening to music right now? The XX - Stars
77) Do you like Chinese food? YES
78) Do you know your fathers b-day? Absolutely! It's close to mine.
79) Are you afraid of the dark? I used to. 
80) Is cheating ever okay? NOOO
81) Are you mean? Sometimes. When I feel that I have to.
82) Can you keep white shoes clean? I don't have any white shoes. But I keep all my shoes clean.
84) Do you believe in true love? FOR SURE!
88) Do you like the outside? NO
89) Are you currently bored? Yes.
90) Do you wanna get married? It's not a life time dream. Never found it very important. I would prefer not to, but If my boyfriend thinks it's a deeply important thing, I would have no problem getting married (not in a church).
91) Is it cute when a boy/girl calls you baby? NO! Hate it!
92) Are you hungry? No.
93) Have you ever made out for more than a half hour straight? Yes.
94) What makes you happy? Laughing and losing weight. 
95) Would you change your name? NO!
96) Ever been to Alaska? No
98) Do you watch the news? Yes. Some days. 
99) What’ s your zodiac sign? Aquarius
100) Do you like Subway? A lot
101) Would it be hard to kiss the last person you kissed? No.
102) Your best friend of the opposite sex likes you, what do you do? Talk with him to make everything clear.
103) Do you talk like your friends? What? 
105) Have you ever seen someone you knew & purposely avoided them? Yes. Who doesn't do that?
106) Do you have a friend of the opposite sex who you can act your complete self around? Yes
107) Who was the last person of the opposite sex you talked to? Grandfather
108) Does it matter if your boyfriend/girlfriend smokes? Well, I don't like the smell of cigarettes, at all. But I can't say that I would never date someone who smokes.
109) Who’s the last person you had a deep conversation with? Mafalda and Bruno
110) Favourite lyrics right now? The XX - Stars
111) Can you count to one million? What's the big deal?